ISBA dá início a programa de educação socioemocional em 2020

Dentro da filosofia do Colégio ISBA de oferecer uma educação humanizada e baseada em valores, daremos início, em 2020, ao nosso programa de educação socioemocional, que tem como base a sistemática do Laboratório Inteligência de Vida (LIV), já implantado em diversas escolas do País.

O programa vai oferecer semanalmente às crianças do 1º ao 6º ano atividades teóricas e práticas que visam desenvolver nelas os quatro pontos da inteligência emocional: autoconhecimento, autorregulação, empatia e relacionamento. A partir do 4º ano, as atividades passam a trabalhar as habilidades socioemocionais dos 3Cs e 3Ps. São elas a colaboração, comunicação e criatividade; o pensamento crítico, a perseverança e proatividade.

Dentre os benefícios comprovados do Programa estão a prevenção de bullying, diminuição da ansiedade e depressão, superação de fracassos, estímulo a escolhas responsáveis e saudáveis, conscientização de talentos e limitações, e melhora no desempenho acadêmico.

Resultados

Nossos professores e coordenadores já estão participando da capacitação ministrada pela professora e psicóloga, Márcia Frederico, consultora pedagógica do LIV. Entre os resultados alcançados nas mais diversas escolas do Brasil, ela destaca as mudanças no comportamento de muitas crianças, como aquelas que, por exemplo, superaram o medo de andar no escuro ou aprenderam a nomear emoções que antes não conseguiam verbalizar.

“Elas também aprendem a entender sentimentos como a tristeza, a raiva ou inveja, e que não estão erradas por sentirem isso, pois são humanas. O que importa é entender o que está por trás e o que se faz com esses sentimentos”, explica a psicóloga. Márcia Frederico também cita entre os resultados uma maior aproximação entre pais e filhos. “Muda a relação familiar, pois temos relatos de alunos e de pais que antes não conversavam entre si sobre determinados assuntos, e essa aproximação pode fazer o diálogo acontecer”.

Além das atividades em sala com as crianças, o LIV também prevê material específico e encontros presenciais para as famílias. “É para eles terem essa continuidade em casa, compreenderem melhor o programa, tirarem dúvidas e pensarem em situações práticas com as crianças”, detalha a psicóloga.

ISBA: Pessoas melhores para um mundo melhor.

Tags :